sábado, dezembro 05, 2009

T.....................e.......m................p.....o...............














Os meus movimentos estão muito lentos,
num compasso lento
desenfreado
devagar
descansado

Não consigo acompanhar o tempo
Ele é tão lento às vezes
Mais lento que a lentidão do tempo
Fragmentos de tempo vão voando
Ao tempo, que perdido no tempo
Se esquecem da hora

Momentos eternos
que duram uma década
dentro, no interior de uma única hora

Me perco no tempo
Que me engana sempre
Nesse ritmo alucinante
E me arremessa para o lado
Por não poder acompanhá-lo
Dizendo que é longo o tempo que é súbito
E é curto o tempo de longas horas fazendo a mesma coisa...

A velocidade é uma desafiadora do tempo
Pois ela deixa o tempo para trás
Enquanto alguns permanecem presos no ritmo lento do tempo
A velocidade deixa tantos presos lá atrás

O transe, a meditação querem parar o tempo
Passam horas a fio
Fugindo do tempo
Para controlá-lo e aprisioná-lo
Nesse meio tempo

Corro contra o tempo
Voo no tempo
Sonho com bons tempos
Que sempre fará bom tempo
De passar um tempinho
Curtindo o inigualável passar do tempo

Um passatempo ?
Em tempo!
Que queres de tempo em tempo ?

2 comentários:

Dr. Diario disse...

um passatempo? uma amigo
de tempo em tempo? NAO; quero esse amigo sempre no tempo certo, de corpo a corpo, de blog a blog, amor eterno! seria eterno tempo demais? tambem NAO , a eternidade esta marcada naquela hora que nao passa, do relogio parado, no tempo, no espaco, na alegria de estarmos juntos...

AMIGO adorei!!! parabens sempre!rs

o pior repórter do mundo disse...

Tempo, ainda consigo enteder esse tempo, louco.
mas enquanto não entendo, sou refém do tempo, mas às vezes venço, e não desisto.
falou DOUTOR